Campo Novo News

Sorriso decreta situação de emergência por falta de chuva

Sorriso decreta situação de emergência por falta de chuva

Sorriso decreta situação de emergência por falta de chuva

De acordo com a prefeitura, entre setembro e dezembro eram esperados 1.000 milímetros e choveu apenas 399,2 milímetros.

O município de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, decretou situação de emergência devido à falta de chuva. O documento foi assinado, nesta quinta-feira (21), pelo prefeito Ari Lafin (PSDB). De acordo com a prefeitura, entre setembro e dezembro eram esperados 1.000 milímetros e choveu apenas 399,2 milímetros.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Sorriso, Sadi Beledelli, o prefeito se reuniu com os órgãos de representação de classe para achar uma solução neste período de estiagem.

“Vamos ter uma perda de produtividade entre 15% e 20% neste ano em Sorriso. É uma perda considerável que vai trazer prejuízos para a classe produtora e para a sociedade. O decreto é uma medida importante e vamos ver as consequências do que vai acontecer durante essa safra”, disse.

A decisão foi tomada, em conjunto com o Comitê de Monitoramento Climático, recentemente formada para tratar de assuntos relativos à escassez de chuvas.

O decreto também cita as ondas de calor que trazem expressivos prejuízos econômicos e sociais, com a redução na produção. Segundo a prefeitura, a Defesa Civil também recomendou a situação de emergência.

O decreto tem validade de 180 dias.

Fonte: g1.globo.com

Viu essas notícias?